Sobre a aprovação da Lei Menino Bernardo: a experiência da Rede Não Bata Eduque.

Políticas públicas e orçamento, Violência e explotação

Nesta entrevista, Márcia Oliveira, coordenadora da Rede Não Bata, Eduque, narra o processo de sensibilização e mobilização social e política para a aprovação da Lei Menino Bernado, que garante o direito de crianças e adolescentes a serem educados sem o uso de qualquer tipo de violência física ou psicológica.

Márcia também esclarece sobre alguns mitos em torno da Lei como, por exemplo, a ideia de que a mesma retira a autoridade dos pais, tendo um caráter essencialmente punitivo. Segundo ela “A lei tem um cunho estritamente preventivo, de como é que a gente pode romper esse ciclo de violência, passar informações para as famílias e para a população brasileira, de como é possível educar sem violência e do quanto isso é importante para a construção de uma sociedade mais pacífica”.

Saiba mais da Rede Não Bata, Eduque. www.naobataeduque.org.br/

Veja a entrevista aqui:

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

VER OS ITENS DESTAQUES NESTA CATEGORÍA

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X