Informação para a ação: indicadores sobre a situação da infância

Monitoramento e avaliação, questões metodológicas e conceituais

Para o desenvolvimento de políticas públicas que garantam o bem-estar e os direitos das crianças, é necessário conhecer suas realidades sociais e os contextos em que vivem. A complexidade das sociedades e dos problemas sociais contemporâneos exige a criação de novas ferramentas de informação e análise. Nesse sentido, a medição é um componente fundamental para conhecer a situação das crianças em cada país.

O Comitê sobre os Direitos da Criança das Nações Unidas afirma que uma das medidas para tornar efetivos os direitos reconhecidos na Convenção sobre os Direitos da Criança é precisamente a coleta de dados, a análise e o desenvolvimento de indicadores, que devem ser utilizados para avaliar os avanços realizados, identificar os problemas, assim como para informar sobre a evolução das políticas relacionadas à infância. Assim, a medição é um instrumento imprescindível para a tomada de decisões políticas informadas, além de contribuir para a sensibilização da opinião pública sobre os direitos das crianças.

A construção de indicadores sobre a situação das crianças não é uma tarefa simples, uma vez que se refere a um fenômeno social complexo que pode ser abordado a partir de diferentes perspectivas de análise e de marcos teórico-políticos. Assim, qualquer proposta de indicadores envolve amplas discussões sobre o que deve ser medido com relação à infância, e como realizar a medição.

A Equidade para a Infância considera fundamental contribuir para a produção e disseminação de conhecimentos sobre medição e indicadores relativos à infância e as desigualdades que a afetam.

Neste sentido, compartilhamos as primeiras reflexões sobre o trabalho de incidência que estamos realizando para a inclusão de indicadores sobre a situação das crianças na análise da qualidade de vida em contextos locais – considerando o grau de realização de seus direitos, as condições de vida e as desigualdades que enfrentam. Esta experiência é decorrente de nossa aliança com a Fundação Corona e situa-se no âmbito da Rede Colombiana de Cidades Como Estamos (Red Colombiana de Ciudades Cómo Vamos).

Além disso, divulgamos outras experiências e propostas de diagnóstico para a garantia dos direitos das crianças: EduCômetro (Fundação Arcor – Argentina); La infancia cuenta (As crianças são levadas em conta) (Rede pelos Direitos da Criança – México); Sistema de Indicadores de bem-estar infantil (UNICEF Espanha / Observatório de Astúrias), assim como duas iniciativas que buscam organizar, analisar e disseminar dados e estatísticas sobre a infância, com o objetivo de informar e sensibilizar a sociedade, e fornecer ferramentas para os gestores visando à melhoria das políticas públicas: A Base de Dados Infância e Juventude em Números (CIESPI/PUC-Rio – Brasil) e o Infobarômetro da Primeira Infância (Investimento na Infância – Peru).

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X