Medição de oportunidades educativas em contextos locais

Monitoramento e avaliação, questões metodológicas e conceituais

Em 2009 a Fundação Arcor desenvolveu um sistema de indicadores, ferramentas metodológicas e de análise da informação chamado “EduCômetro”, uma iniciativa que tem como objetivo mapear e visibilizar as oportunidades educativas das crianças de uma determinada cidade.

O EduComêtro surgiu como uma proposta para repensar os lugares destinados à educação das crianças. Esta iniciativa concebe as crianças como medida da sociedade e prevê um diagnóstico e uma avaliação integral da cidade, que permitam analisar e avaliar o nível das oportunidades educativas que são oferecidas para as crianças e adolescentes neste território.

De acordo com a proposta, o cenário de Oportunidades Educativas envolve as condições, ofertas existentes e intervenções que visam à plena realização do direito à educação das crianças. Neste sentido, incluem-se fatores como: escolas, formação de professores, orçamento eficientemente administrado e uma oferta variada de serviços artísticos e recreativos.

O instrumento estrutura-se através de quatro dimensões: a) condições significativas do contexto socioeconômico, infraestrutura e capital social; b) situação educativa (setor formal), c) educação não-formal: oferta e resultados; d) Outras políticas e programas sociais voltados à infância e adolescência.

A análise dessas dimensões permite reconhecer as particularidades de cada território e identificar obstáculos e potencialidades para construir estratégias que favoreçam o acesso e a permanência das crianças e jovens na educação formal e não-formal.

O EduComêtro tem como público-alvo as pessoas que trabalham no setor público municipal e outros atores que atuam no território: representantes e funcionários municipais, organizações da sociedade civil, mobilizadores sócio-comunitários, etc.

A aplicação da ferramenta

Depois de ser implementada (em distintos níveis) em mais de 20 cidades argentinas, a iniciativa foi apresentada em diferentes países, com o objetivo de avaliar a sua aplicabilidade e adaptabilidade a outras realidades locais.

A partir da articulação com a Fundação Corona e a Equidade para a Infância, a proposta foi levada à Colômbia com o fim de estabelecer um espaço de articulação com o projeto Cidades Como Estamos (Ciudades Cómo Vamos).

Neste momento, compartilhamos algumas reflexões das equipes envolvidas nesta troca de experiências.

Conheça mais sobre o EduCômetro da Fundação Arcor

 

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

VER OS ITENS DESTAQUES NESTA CATEGORÍA

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X