Impacto da desigualdade intraurbana na população infantil da América Latina

Pobreza e desigualdade

Born, Delamónica e Minujin ressaltam a importância de estudar as desigualdades intraurbanas como uma das manifestações mais importantes da pobreza infantil.

Neste artigo, Diego Born, Enrique Delamónica e Alberto Minujin abordam a complexa problemática da pobreza infantil, especificamente através de sua manifestação nas cidades latino-americanas. O artigo reconhece que se bem os estudos sobre pobreza infantil têm crescido nos últimos anos, ainda são poucas as análises quantitativas, especialmente, aquelas centradas no estudo da pobreza e desigualdade urbanas. Buscando compensar essa lacuna, os autores indagam sobre as relações entre as condições de vida das crianças e adolescentes e o cumprimento dos seus direitos.

Para tanto, discutem os resultados de um estudo que fizeram em conjunto com o Escritório Regional para a América Latina e o Caribe do UNICEF, em que analisam dados de pesquisas por amostra de domicílio sobre condições de vida em 20 países latino-americanos. Esta sistematização da evidência empírica quantitativa indica não apenas qual é o impacto da desigualdade ao interior de cada país e entre os mesmos, mas também aqueles temas em que as desigualdades são mais fortes. As contribuições de Born, Delamónica e Minujin pretendem contribuir para a criação de políticas dirigidas a combater a desigualdade, especialmente a desigualdade infantil urbana.

Descarregar Artigo

 

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X