Pobreza infantil nos povos indígenas e negros da América Latina

Pobreza e desigualdade

O presente documento busca descrever e analisar a situação dos direitos das crianças indígenas e negras na América Latina, enfocando aqueles que vivem em condições de pobreza e visibilizando as situações da iniqüidade que afetam esses grupos particularmente.

O trabalho oferece informação diferenciada etnicamente para 17 países da América Latina, aportando antecedentes sobre aspectos demográficos e sobre a magnitude da pobreza infantil indígena e negra em temas de educação, informação, moradia, acesso à água potável e instalações de saneamento. Além disso, indaga sobre as iniqüidades que, nestes países se produzem não apenas por fatores associados à etnicidade, mas, também, às disparidades de gênero e ao território.

Para a análise da pobreza infantil indígena e negra, utilizou-se um modelo adaptado dos indicadores do estudo de Bristol desenvolvido no marco do projeto “Pobreza infantil, desigualdade e cidadania” (CEPAL/UNICEF-TACRO, 2010). Para além das muitas variações observáveis por país e as diversidades étnicas e territoriais, os dados apontem que ambos os grupos compartam situações inadmissíveis de pobreza, discriminação e exclusão, o que impõe aos Estados e sociedades enormes desafios a serem superados.

Baixe o documento aqui

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X