Desigualdades Urbanas na infância e adolescência

Pobreza e desigualdade

A Equidade para a Infância considera que, no panorama atual, a fragmentação sócio-territorial das cidades condiciona o acesso a oportunidades críticas para a sobrevivência e o desenvolvimento pessoal. A vida das pessoas muda profundamente dependendo de onde crescem, se educam e se socializam. Assim, a divisão social do território na cidade reflete a complexa estrutura espacial de distribuição de grupos sociais – em termos de classe e etnia -, de bens e serviços e de oportunidades de representação política.

niños urbanos2A política social urbana exige incluir e integrar as políticas dirigidas a melhorar os níveis de vida, as políticas que se orientam a diminuir as desigualdades sociais e as que buscam eliminar a segregação urbana de crianças e adolescentes. Do ponto de vista da infância e adolescência, é necessário considerar também as dimensões ambientais do espaço e as dimensões subjetivas da experiência da cidade, dada a importância de aspectos como a estabilidade, a sensação de segurança e a percepção de segregação na vida cotidiana. A autonomia e a cidadania também são impactadas pelas políticas urbanas e sociais, e pelas formas de participação da infância.

A partir destas facetas, que não esgotam o complexo fenômeno da inter-relação entre desigualdades sociais e território, enfocando especificamente a infância e adolescência, propôs-se a realização do Seminario Internacional Desigualdades urbanas en la infancia y la adolescencia: Derechos y Políticas Sociales Urbanas: Derechos y Políticas Sociales Urbanas. O encontro é organizado pela Universidade Nacional Tres de Febrero, Equidade para a Infância, a Fundação Arcor e o UNICEF.

O propósito do Seminário é instalar uma série de debates que mobilizem a agenda acadêmica, política e da sociedade civil para abordar os desafios que a desigualdade na infância urbana respresenta. A proposta convida a pensar sobre o tema especificamente com base no espaço social e físico onde se desenvolvem esses sujeitos.

Neste sentido, alguns dos eixos centrais das discussões que se pretende fomentar são: a necessidade de criação de condições materiais equitativas e indispensáveis para a realização dos direitos de crianças e adolescentes; as necessidades, possibilidades e restrições de uma planificação urbana que visibilize as necessidades das crianças e que as inclua no desenho de respostas para seus problemas; e a expansão das noções e políticas de segurança para incorporar a segurança e a proteção no espaço urbano.

As sessões de trabalho abordarão os direitos da infância e as desigualdades urbanas num sentido amplo. Por um lado, se discutirá sobre os fatores condicionantes da desigualdade no acesso aos direitos e os mecanismos de reprodução intergeracional. Por outro, se promoverá uma análise crítica da institucionalidade pública, governamental e não governamental, das políticas, programas e processos locais de intervenção, para poder considerar como a desigualdade é abordada nesses contextos.

Além disso, através do Seminário propõe-se conhecer experiências presentes e lições aprendidas no desenvolvimento de políticas urbanas e propor um diálogo multiatoral entre setores governamentais e não governamentais, organizações sociais e instituições acadêmicas. Neste sentido, o encontro se dirige a funcionários públicos, universitários, especialistas e organizações da sociedade civil envolvidas no desenvolvimento de políticas e programas sociais urbanos.

A Equidade para a Infância entende que a abordagem da questão urbana é uma tarefa ineludível para a o estudo crítico e a compreensão das desigualdades referentes à infância e a adolescência. Mais ainda quando é nas cidades onde se concentra a maior proporção de desigualdade. De modo a introduzir o tema central do Seminário, convidamos à leitura de alguns artigos que referem às desigualdades urbanas, centrando especialmente nos territórios e no acesso deficitário aos direitos que determinadas condições de privação implicam.

Veja o resumo do seminario

Veja a proposta do Seminário sobre Desigualdades Urbanas e direitos das crianças

Veja o Programa do Seminário

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X