Pesquisa em primeira infância e pobreza. Laura Schwartzmann. UDELAR

Primeira infância

Laura Schwartzmann, coordenadora do Centro Interdisciplinar de Infância e Pobreza (CIIP), reflete sobre a necessidade de construir modelos multisetoriais para o estudo das conseqüências que os contextos de pobreza geram no crescimento e desenvolvimento das crianças.

Schwartzmann explica que a proposta do CIIP baseia-se em um paradigma integral, multidimensional e complexo que inclui tanto as contribuições da neurociência, como os múltiplos componentes macrossociais. Além disso, propõe-se incorporar a contribuição de outras disciplinas fundamentais como a economia, a área jurídica, a educação, a biologia e a medicina.O Centro Interdisciplinar de Infância e Pobreza da Universidade da República está conformado por pesquisadores e professores do Grupo Interdisciplinar de Estudos Psicossociais (GIEP) da Faculdade de Medicina e das faculdades de Ciências Sociais, Psicologia e a Escola de Nutrição e Dietética. Para Schwartzmann, o que vincula todas estas áreas e delimita o objeto de estudo são as crianças em seu crescimento, desenvolvimento e bem-estar psicossocial, suas famílias, o contexto micro e macrossocial, com ênfase na pobreza e nas equipes que trabalham com as crianças.

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X