Os Direitos e as políticas para a Infância na formação de pós-graduação da América Latina

Políticas públicas e orçamento

Em um contexto acadêmico que demanda maior conectividade e interdisciplinaridade para abordar os complexos contextos sociais e as situações de desigualdade que caracterizam a infância na América Latina, faz-se necessário dinamizar o diálogo entre os atores envolvidos na construção de conhecimento, com o fim de ampliar o impacto das políticas públicas e da agenda social sobre a infância e a adolescência.

doc posgradoA partir desta idéia, iniciou-se o Projeto de conectividade de pós-graduações em direitos e políticas públicas para a infância,desenvolvido por Equidade para a Infância, em conjunto com os escritórios regionais do PNUD e do UNICEF. A proposta consiste em fornecer uma análise sobre o ensino e a produção do conhecimento sobre infância e adolescência na região, e articular os processos de formação que são desenvolvidos neste campo.

A primeira fase do Projeto de Conectividade de pós-graduações em direitos e políticas para a infância incluiu um relevamento da oferta de formação e capacitação que se estendeu a 20 países latino-americanos, o qual identificou mais de 50 pós-graduações com teses, matérias específicas ou linhas de pesquisa sobre infância e adolescência a partir da perspectiva dos direitos humanos e da formulação de políticas sociais.

Como resultado inicial do projeto, elaborou-se um relatório que analisa as principais características dos processos de formação disponíveis na região, que colocamos a sua disposição.

 

[doc]os-direitos-e-as-politicas-para-a-infncia-na-formao-de-pos-graduao-da-america-latin.pdf[/doc]

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

VER OS ITENS DESTAQUES NESTA CATEGORÍA

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X