Saúde e Doença da perspectiva dos jovens. Um estudo com jovens escolarizados no nível médio de todo o país.

Saúde

Analisam-se neste documento os conhecimentos, as atitudes e as condutas em relação à saúde de jovens que freqüentam o ensino médio na Argentina. Algumas das principais conclusões são que os jovens identificam como problemas centrais de saúde: a Aids, em primeiro lugar; o aborto, em segundo lugar; em terceiro lugar, o consumo de drogas ilegais e finalmente as infecções de transmissão sexual.

A partir da realização de uma pesquisa com estudantes secundaristas de entre 15 e 21 anos, buscou-se indagar acerca das crenças dos jovens em relação às questões relativas à saúde, partindo da base que estas crenças condicionam em grande medida suas condutas em relação com o cuidado da mesma e dão margem a atitudes que a põem em risco.
O trabalho faz parte de um estudo mais amplo que se insere no Modelo de Escolas Promotoras de Saúde, proposto pela Organização Mundial da Saúde. Compreende-se, a partir deste modelo, a escola como espaço de promoção do cuidado com a saúde.

[doc]saude-e-doena-da-perspectiva-dos-jovens-um-estudo-com-jovens-escolarizados-no-nivel-medio-de-todo-o-pai.pdf[/doc]

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X