Truculência e intolerância étnica

Pobreza e desigualdade

O texto explora o problema da violência contra a população infantil indígena em relação direta com as questões históricas, políticas, econômicas, e culturais que configuraram a sociedade brasileira como uma sociedade fortemente desigual.

O autor afirma que não é por falta de legislação adequada que o Brasil continua violando os direitos das crianças e adolescentes em geral e indígenas em particular. O preconceito e a discriminação estão na base da iniqüidade histórica que, dentre outras razões, se perpetua através de políticas públicas etnocêntricas ineficazes para reverter os altos índices de desnutrição e mortalidade na população infantil indígena.
Em que pese a todas as violências sofridas e ao contrário das expectativas mais conservadoras, a população indígena tem crescido e alcançado ocupar espaços sociopolíticos legítimos na sociedade brasileira. As crescentes conquistas de territórios representam um passo alentador para a garantia de um futuro digno para as crianças indígenas. Mas o direito à terra é apenas um dos desafios no enfrentamento da violência contra crianças indígenas. O respeito à identidade das culturas indígenas deve fazer parte de todas as políticas públicas nacionais. Para isso, os projetos e programas voltados às crianças indígenas e aos povos a que pertencem precisam ser pensados, elaborados e executados com a participação direta deles.
Por fim, é necessário colocar realmente em prática o Estatuto da Criança e do Adolescente e os artigos da Constituição Federal referentes aos povos indígenas, para combater e punir qualquer tipo de violência que afete as novas gerações.

Fonte: BANIWA, Gersem. “Truculência e intolerância étnica”. In: UNICEF. Direitos Negados – a violência contra crianças e o adolescente no Brasil. Brasília, 2005.
Extraido de: http://www.unicef.org/brazil/pt/Cap_08.pdf

 

[doc]truculncia-e-intolerncia-etnic.pdf[/doc]

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X