Proteção estadual dos direitos das crianças

Educação

O documento liga dimensões econômicas, políticas e culturais na determinação do trabalho infantil na América Latina. Em particular, apresenta uma análise do acesso ao direito à educação e ao trabalho das crianças.

timthumb (22)Apesar da gravíssima crise econômica que afeta à região, os maiores problemas que explicam e condicionam o trabalho infantil são mais de natureza político-cultural do que econômicos. A experiência confirma que o crescimento econômico condiciona o pensamento de estratégias sérias e sustentáveis para a erradicação do trabalho infantil. Mas só isso não é suficiente, já que neste cenário latino-americano a crise não é resultado de uma catástrofe natural, com exceção de situações de pobreza extrema, senão de catástrofes políticas, das quais o fenômeno da corrupção é a sua manifestação mais visível, embora não seja a sua causa última.
Os documentos contidos nesta publicação apresentam, num primeiro momento, a situação do desenvolvimento do direito à educação na região, caracterizando os principais traços do trabalho infantil e estabelecendo laços deste problema com o ensino escolar. Posteriormente, compôs-se um artigo que apresenta á educação como proposta fundamental para erradicação do trabalho infantil na América Latina e, finalmente, tem um informe do projeto que movimenta essa publicação.

 

[doc]proteo-estadual-dos-direitos-das-criana.pdf[/doc]

DEIXAR SEUS COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

NOVIDADES

Menus de configuração no Painel de Administração

X